Tutorial de edição de vídeo do Blender

Tutorial de edição de vídeo do Blender

A edição de vídeo está ganhando popularidade como nunca antes. Para obter os resultados desejados e liberar o lado criativo, as pessoas confiam menos nos editores de vídeo. Para isso, eles procuram um editor de vídeo simples e bem equipado com recursos impressionantes. E se tal editor for gratuito, isso acaba sendo a cereja do bolo. Claro, quando falamos de um software de edição de vídeo de código aberto, gratuito e poderoso, o editor de vídeo Blender está no topo da lista. Assim, como usar o editor de vídeo Blender ?

Bem, é um editor de vídeo de código aberto de topo do mundo. Em palavras simples, é gratuito para baixar e usar. Além disso, está disponível para Windows, Linux e Mac. O Blender não é apenas um editor de vídeo. É um conjunto completo de animação 3D que oferece modelagem, renderização, rastreamento de movimento e muito mais. Sendo um editor rico em recursos, o uso do Blender para edição de vídeo permite vários recursos, como visualização ao vivo, transições, controle de velocidade, camadas de ajuste, filtros, exibições de histograma etc.

A seção de áudio possui recursos como sincronização, visualização de forma de onda, depuração e mixagem de áudio. Possui 32 slots disponíveis para adicionar faixas de áudio, videoclipes e imagens. Você pode optar por executar tarefas básicas e complexas. Na próxima seção do tutorial de edição de vídeo do Blender, você saberá como usar o software Blender para edição de vídeo:

Como editar vídeos com o Blender

Projetado com uma interface amigável, o Blender permite editar vídeos com facilidade. Mesmo se você é iniciante e não está familiarizado com esta ferramenta, você pode começar e aprender a edição de vídeo usando o Blender em pouco tempo.

Antes de iniciar a ferramenta, não se esqueça de verificar o tamanho máximo de memória disponível. Opte por configurá-lo para um valor um pouco menor em comparação com a quantidade de RAM em sua estação de trabalho. Apenas certifique-se de não configurá-lo muito mais baixo, caso contrário algumas operações no Blender podem ficar mais lentas. Além disso, não o defina muito alto, pois pode levar alguma memória de outros aplicativos. Isso pode resultar em troca.

edição de vídeo no liquidificador

Aqui está um guia passo a passo sobre como usar o Blender para edição de vídeo :

  • Inicie o Blender.
  • Selecione o modo 'Edição de vídeo' no menu suspenso na parte superior da janela. Agora você poderá ver todos os controles do editor de sequência de vídeo.
  • Agora vá em frente para reproduzir o videoclipe ou simplesmente mova-o até chegar ao final do clipe que você precisa cortar. Então faça isso quadro a quadro em vez disso. Para interromper a gravação, opte pelo botão vermelho para gravar novamente. Você encontrará esses vídeos cortados na pasta chamada Meus Vídeos ou na configuração padrão do seu computador.
  • Escolha o formato de saída e a taxa de quadros. É aconselhável definir o formato de saída exato, bem como a taxa de quadros, enquanto a importação dos vídeos acontece, caso contrário, o vídeo resultaria na velocidade errada e a qualidade também diminuiria. Além disso, sob as dimensões da imagem, certifique-se de que a configuração de porcentagem de resolução seja 100%.
  • Depois vem a parte de edição do vídeo.

Para alterar novamente o painel de propriedades para o painel de visualização em faixa, opte por usar o menu de contexto.

  • Basta arrastar e depois optar por soltar o videoclipe ou a faixa de áudio no editor de sequência. Você verá duas faixas: a viagem de áudio que está em ciano e a faixa de vídeo, que estará em azul escuro.
  • Agora opte por clicar com o botão direito do mouse na faixa de vídeo para destacá-la e, em seguida, opte por adicionar uma faixa de transformação. Da mesma forma, op para clicar com o botão direito do mouse na faixa de áudio para que você possa destacá-la. Em seguida, no lado direito, opte pelas propriedades e, em seguida, opte por mostrar a forma de onda.
  • A próxima etapa é habilitar a sincronização AV. Esta etapa deve ser feita para sincronizar seu áudio e vídeo. Para fazer isso, na parte inferior das janelas Timeline, opte por configurar a opção AV-sync. Clique em playback e verifique a opção AV-sync para certificar-se de que está aplicada.
  • Agora você pode avançar com as opções básicas de aparar/cortar. Para cortar um vídeo, opte pelo ponto dependendo de onde você tem que cortar. Para fazer isso, você pode simplesmente optar por controles de estilo VCR. Você pode inserir diretamente um quadro na caixa do quadro atual e, para isso, optar por clicar com o botão esquerdo do mouse em qualquer lugar da linha do tempo. Você também pode optar por clicar com o botão esquerdo em algum lugar na sequência do Editor VLA. Uma linha verde será vista, o que simplesmente permite que você conheça o quadro selecionado no momento.

Ao chegar ao ponto em que deseja fazer um corte, mantenha pressionada a tecla SHIFT e clique com o botão direito do mouse no áudio e no vídeo da faixa de vídeo. Uma vez que ambos são selecionados, pressione PARA para fazer um corte duro.

  • Chegou a hora de adicionar efeitos de vídeo. Para adicionar faixa de cores ao seu vídeo, clique com o botão direito do mouse na faixa de vídeo. Escolher Adicionar opção seguida por Efeito e, em seguida, selecione que você tem permissão para definir a duração do efeito de cor de acordo com suas necessidades. Da mesma forma, você também pode adicionar outros efeitos.

Este guia cobre algumas operações básicas durante a edição de um vídeo com o Blender. Você pode explorar mais recursos durante o processo de edição.

Melhores alternativas de liquidificador para usar

Apesar de ser um poderoso editor de vídeo, o Blender tem suas desvantagens. A simples disposição de vários recursos diminui a curva de aprendizado. A maioria de seus tutoriais se concentra na animação 3D ou no lado da modelagem. Não é muito funcional na edição de vídeo, embora tenha um editor de vídeo embutido.

Além disso, os recursos para ajudá-lo na edição de vídeo são muito limitados. Essa desvantagem afasta muitas pessoas dele. Se você acha que o Blender não é a escolha certa para você, aqui estão suas alternativas. Essas alternativas têm todos os recursos de edição de vídeo que o editor de vídeo Blender possui, mas são ainda mais funcionais.

1. Criador de Demonstração Wondershare

DemoCreator é uma das ferramentas de edição de vídeo mais fáceis. É perfeito para fazer tutoriais, vídeos de demonstração, vlogs de jogos , gravações de apresentações ou quaisquer vídeos desse tipo. Além de simplesmente capturar a tela, inclui uma suíte de edição de vídeo feita para editar vídeos gravados e qualquer outro vídeo importado.

Como qualquer outro editor, permite cortar seus vídeos. Você também pode cortar, girar, adicionar anotações e legendas. Além disso, você pode exportar o vídeo como GIF, MP4, MP3 ou MOV. Você pode até compartilhar os vídeos editados nas mídias sociais.

dois. Apple Final Cut Pro X

Desenvolvido pela Apple, o Final Cut Pro X é um dos melhores softwares de edição de vídeo. Isso é usado por cineastas, pois é muito útil na criação de vídeos profissionais. Sem dúvida, seu design carrega aquele estilo Apple impressionante e eficiente. Dá forte concorrência a outros editores de vídeo disponíveis no mercado.

corte final profissional

Dando uma olhada em seus recursos, o Final Cut Pro X roda muito rápido e oferece efeitos de alta qualidade e transições dinâmicas. Acima de tudo, seus arquivos exportados não ocupam muito espaço. Este editor é altamente recomendado para Vloggers do YouTube.

3. CyberLink PowerDirector

Desenvolvido pela CyberLink, este editor de vídeo gratuito tem tudo o que um editor exigiria. As ferramentas criativas são mais adequadas para usuários de Android e desktop. Ele ajuda você a criar vídeos com qualidade 4K a partir de clipes tirados de vários dispositivos. Além dos recursos básicos, ele vem com recursos especiais, como rastreamento de movimento e colagens de vídeo. O rastreamento de movimento permite que você se concentre em assuntos específicos em cada quadro.

link cibernético

Além disso, as colagens de vídeo ajudam você a mesclar várias fotos e transformá-las em um vídeo em movimento. Então, o recurso de estabilização de vídeo vem em seu socorro quando você tem filmagens instáveis. Além dos recursos mencionados acima, o PowerDirector permite adicionar dublagens e efeitos sonoros usando chroma key. Embora muitos de seus recursos sejam gratuitos, você precisa comprar um pacote avançado para ferramentas de edição mais criativas.

Conclusão

Resumindo, o Blender é um software de edição de vídeo incrível que ajuda você a produzir vídeos profissionais e de alta qualidade e também sem marca d'água. É muito flexível e personalizável. Além disso, pode ser um pouco complicado para um editor de vídeo amador, mas um pouco de prática pode trazer à tona seu lado profissional. Ele pode ser usado para qualquer finalidade, seja comercial ou educacional. Caso você não se dê bem com o Blender, você pode experimentar suas alternativas a qualquer momento.